Área de serviço Porto Covo

Assuntos gerais relacionados com autocaravanismo.

Re: Área de serviço Porto Covo

Mensagempor Manel » segunda set 18, 2017 1:09 pm

Olá|

Não vou adiantar nada de novo...
Mas sinto necessidade de dizer que assino por baixo tudo o que o companheiro Fernando Luis diz !
Mais...
Já vi este filme... roubarem água, por ex. na Altura a várias moradias (por isso os proprietários tiveram necessidade de por grades nos quintais) !
Também já vi fazerem isto e muito mais m***a em Porto Covo...
O que mais me "chateia" é ter que pagar por aquilo que os outros fazem!
Que diabo... não me multam a mim porque há outros a circular a mais de 120. Não me passam multam de estacionamento ilegal porque há outros mal estacionados!
Não me penhoram a casa por há outros que não pagam IMI... etc. etc.
Porque que é que eu, enquanto autocaravanista tenho que ser confundido e f****o pelo que outros fazem?
Por onde andam as autoridades?
Seria tão simples se cada um soubesse onde acaba a sua liberdade !

Fiquem bem... foi só um desabafo!
Eugénio Reis
Manel
 
Mensagens: 249
Registado: quarta Oct 25, 2006 4:31 pm
Localização: Torres Novas

Re: Área de serviço Porto Covo

Mensagempor mlinhares » segunda set 18, 2017 2:17 pm

Manel Escreveu:Olá|

Não vou adiantar nada de novo...
Mas sinto necessidade de dizer que assino por baixo tudo o que o companheiro Fernando Luis diz !
Mais...
Já vi este filme... roubarem água, por ex. na Altura a várias moradias (por isso os proprietários tiveram necessidade de por grades nos quintais) !
Também já vi fazerem isto e muito mais m***a em Porto Covo...
O que mais me "chateia" é ter que pagar por aquilo que os outros fazem!
Que diabo... não me multam a mim porque há outros a circular a mais de 120. Não me passam multam de estacionamento ilegal porque há outros mal estacionados!
Não me penhoram a casa por há outros que não pagam IMI... etc. etc.
Porque que é que eu, enquanto autocaravanista tenho que ser confundido e f****o pelo que outros fazem?
Por onde andam as autoridades?
Seria tão simples se cada um soubesse onde acaba a sua liberdade !

Fiquem bem... foi só um desabafo!
Eugénio Reis


Companheiro, assino por baixo! Que punam os prevaricadores, e não os cumpridores.
mlinhares
 
Mensagens: 49
Registado: sábado ago 01, 2015 6:57 pm
Localização: Coimbra

Re: Área de serviço Porto Covo

Mensagempor zeze_tony » quarta set 20, 2017 4:57 pm

fluis Escreveu:Boa tarde,

É verdade que as condições não são as melhores, nem tão pouco concordo com o horário de fecho da cancela. Mas tudo medidas que foram sendo tomadas ao longo do mês para minimizar as atitudes dos ditos pseudos autocaravanistas…

É verdade e já falei com a responsável, que o local de despejo das cassetes deve ser alterado e, atenção, que o problema não é por ser a céu aberto, porque tirando alguns campings que têm um anexo fechado e coberto junto dos balneários, em todo o lado é feito no exterior. O que falta efetivamente é um local próprio para o despejo, pois agora é feito na própria área de serviço, existindo uma pega na grelha do meio que é mais pequena e assim se tem de levantar e despejar, o que não é o mais pratico; mas não constitui qualquer perigo para a Saúde pública já que o destino é os esgotos tal como das águas cinzenta
Também me apercebi que esteve durante lá uns dias o responsável de um clube (por questões de ética não vou dizer quem era, nem qual o clube), pelo que acredito que terão auxiliado os responsáveis, com conselhos e sugestões de melhoria.

Mas nada disso me deixa nem indignado nem envergonhado; posso ou não gostar das condições - se não gostar, a minha autocaravana tem rodas e motor, como tal desloca-se e vou para outro lado que goste mais. Aliás, desculpem-me o desabafo, não compreendo como alguém adquire uma autocaravana com o objetivo de ir passar duas ou três semanas de férias para o lado da mesma praia; para esses casos deveriam de alugar uma casa que é mais adequado, um fim de semana parece-me correto, agora férias? Autocaravana está pensada para o turismo itinerante e não para isso.

Também me foi dito que o evoluir ou não da área de serviço, ou o seu possível encerramento, estaria dependente da aceitação/comportamento dos autocaravanistas.

O que me deixa efetivamente envergonhado é o comportamento de uma grande parte dos autocaravanistas que optaram por não entrar, um direito que lhes assiste plenamente: e friso que não todos, também havia quem estivesse apenas e só estacionado:
  • Estarem, não estacionados, mas acampados, como estavam uma grande parte dos autocaravanistas que estavam no terreiro parede meias com a área. Como estava calor para estar dentro da autocaravana, toca de abrir o toldo e colocar mesas e cadeiras, comprar peixe na praça e grelhar no estacionamento - Isto é prejudicial para a imagem da classe autocaravanista.
  • Não querer pagar, muito bem, mas esperarem que os responsáveis se vão embora para aceder aos serviços sem pagar - Isso é que é degradante e vergonhoso para a classe, parece que tudo vale, por parte de supostos companheiros, tal como numa cena do filme Mad Max 2, com a gasolina a ser substituída pela água. Era de tal modo o corropio, que quem estivesse dentro da área a essa hora nunca conseguiria efetuar os serviços, e isto prolongava-se pela noite fora, sem parar entre as 22:00 e as 02:00.
  • Este comportamento dos autocaravanistas que optaram por ficar fora, teve como consequência a colocação da cancela e o respetivo horário de abertura e fecho (com o qual eu também não concordo), e não o horário da cancela que fez os autocaravanistas estarem fora.
  • Mesmo a cancela não impediu as cenas dantescas noturnas, agora substituído pelas AC’s estacionadas na estrada, encostadas ao muro, as mangueiras a passaram por cima do muro e os despejos da cassete à imaginação de cada um onde seriam feitos; chegou a ser feito um despejo de uma cassete numa manilha de esgoto que se encontrava no interior da área, sem estar ligada a nada, imagine-se o pivete que ali ficou na entrada, isto sim é que causa problemas de saúde pública.
  • As manchas de água que se via no chão, das descargas feitas mesmo ali, com a área de serviço do Intermarché de Sines, gratuita aliás, e aberta 24 h/dia mesmo ali ao pé.
  • As autocaravanas estacionadas/acampadas dias a fio no estacionamento de S. Torpes, todos os parques desde aí até Porto Covo ocupados com as autocaravanas viradas para a frente mar, toldo aberto, tudo cá fora, ocupando três ou mais lugares de estacionamento, e ouvir as queixas de familiares e amigos de que estava impossível de estacionar os carros, porque as autocaravanas nunca saiam do mesmo sítio…

Acredito que, com a imagem que o autocaravanismo passou este Verão naquela zona, e que tenho visto vir a piorar ao longo dos anos, mas nunca tão mau como este ano, não tardará muito a ser completamente proibido o acesso das AC’s, a exemplo de outras zonas como a Nazaré.

Se acham que 3 € ou 5 € são caros, o que dirão por 25 € que paguei por 24 horas num estacionamento de terra batida, em Hallstat, na Áustria, a 2 km do centro, sem qualquer serviço, parque comum para autocarros e carros.
O Camper Park em Viena de Áustria é a partir de 19 € por dia mas tem todas as condições para visitar a cidade em segurança, espaços delimitados, Wi-Fi, acesso ao metro, que nos deixa no centro, a 200 metros, supermercado mesmo ao lado e até local para passear os nossos animais de estimação. Mas este tipo de espaço só pode existir se houver receptividade por parte dos Autocaravanistas, acredito que se este mesmo espaço fosse em Porto Covo, teríamos as AC’s estacionadas ao lado, no parque de estacionamento do supermercado…

Tem de se perceber que os municípios não são obrigados a gastar o dinheiro dos contribuintes para darem água e condições grátis ao autocaravanismo, poderão eventualmente optar por o fazer se dermos uma boa imagem e demonstrarmos que podemos ser uma mais valia para locais que visitamos. Também temos de considerar o investimento que os particulares poderão fazer para criar este tipo de condições, mas que terão de ter o devido retorno; se trouxermos soluções seremos com certeza bem-vindos, agora se em vez disso trouxermos problemas nunca o seremos.

Valerá a pena refletir sobre isto, nós já andamos a tentar fazer passar esta mensagem há quase 12 anos, portanto é natural que o cansaço já se vá acumulando.


Concordo plenamente!

No Alvor é a mesma situação que para não pagarem esperam que o vigilante saia para usarem os serviços o que obrigou a cortes de agua quando o mesmo não está.

Multas severas por parte das autoridades resolveriam esta situação porque ao fim de 12 anos está visto que não vão lá com conversa.
Peugeot Pilote Galaxy MX 76
Avatar do Utilizador
zeze_tony
 
Mensagens: 32
Registado: sábado ago 15, 2009 5:03 pm
Localização: Pinhal Novo

Re: Área de serviço Porto Covo

Mensagempor Euroviajante » quarta set 20, 2017 9:02 pm

Companheiros, boa noite.

Eu sou dos que defendo a existência de ASA, nas localidades que assim o desejem, publicas ou privadas, com um custo de utilização, tal como há em outros países europeus, muitos dos quais, tem cancelas automáticas pré-pagas, com lugares a escolha, podendo optar por pagar a eletricidade ou não. O uso da estação de serviço muita das vezes está incluída no preço, outras, tem um custo a parte.

Em França, já há uma cadeia de ASA´s ( CAMPING CAR-PARK) espalhadas pelo pelo país, algumas funcionando junto de parques de campismo, com preços diferenciados de quem acampa. Outros países, Alemanha por exemplo, tem bem marcados nas localidades os locais para estacionamento de AC, muitas das vezes em parques de estacionamento de outras viaturas, mas com lugares reservados a especificidade ( espaço em largura e comprimento) das nossas viaturas.

Nós temos muito que aprender, alguns ainda pensam e defendem que se pode fazer autocaravanismo como se fazia a 10 anos atrás. Com o devido respeito, o aumento da procura por esta forma de turismo não o vai permitir, para não falar em vontade de outras entidades. :roll: Há que pedir mais ASA ´s as estações de serviço, só por si não chegam.

A ASA de Porto Covo, não a conheço a atual ainda, pelo descrito vejo que tem deficiências, mas para mim já tem alguma propriedade, a autarquia dar um espaço para ao autocaravanismo numa localidade que tem dois parques de campismo.

Para mim o que desejo é que haja mais ASA´s com lugares para estacionamento quer sejam privadas ou públicas com inerentes custo de utilização. Se em casa pago a água, o esgoto, a eletricidade e a recolha de resíduos, porque não devia pagar quando me desloco com a casa com rodas? Haja é bons lugares para a estacionar.
Manuel Pereira
Avatar do Utilizador
Euroviajante
 
Mensagens: 1250
Registado: quinta abr 04, 2013 5:03 pm
Localização: Salvaterra de Magos/ Penha de França

Re: Área de serviço Porto Covo

Mensagempor tgferreira » terça Oct 03, 2017 10:30 am

Venho voltar a repetir algo que já repeti em vários locais neste fórum, acerca da questão de praticar autocaravanismo fora das ASA's (por exemplo). Vou falar de um local onde estive este verão a executar essa mesma prática: a costa adjacente à Praia de São Torpes.

Estive lá julgo que em duas noites diferentes este ano. Aliás, nas férias desde ano pernoitei na maior parte dos dias em parques de estacionamento junto a praias. Abri as escadas apenas quando queria entrar para a AC, nunca abri o toldo, nunca pendurei nada do lado de fora, nunca abri as janelas mais do 3 ou 4 centímetros, cozinhei, tomei banho, vivi e dormi dentro da AC e foram umas férias bem descansadas. E vou continuar a fazê-lo porque, do meu ponto de vista, comprar uma AC para estar apenas numa ASA/Semelhantes é não aproveitar a pleno das suas capacidades.

Acho muito, muito bem que todos os que abusam desta prática (abrindo toldos onde o espaço é curto, sujando, etc) que sejam punidos. Não acho é que todos tenhamos que ser punidos por isso. À semelhança do que um colega disse, lá por os outros andarem a mais de 120km/h não somos todos multados ou impedidos de conduzir.

Repito, uma vez mais: parem de dar um tiro no pé. Defendam as boas práticas - sim! Não defendam é a penalização de todos nós pelo que apenas alguns fazem.
Rimor Korsaro 1994
tgferreira
 
Mensagens: 35
Registado: sexta ago 28, 2015 1:35 am
Localização: Coimbra

Re: Área de serviço Porto Covo

Mensagempor fluis » terça Oct 03, 2017 3:17 pm

Boa tarde,

Não tenham dúvida que o está em causa e se discute, não é a excepção dos que se portam bem, mas infelizmente e principalmente de verão, antes sim discute-se a maioria que se portam mal, que dão uma péssima imagem do autocaravanismo e hão de levar a que todos paguem por tabela.
Claro que existe o direito de estacionar onde outro veículo de igual tamanho também estaciona, e nem tão pouco é isso que está aqui em causa, isso já foi muito discutido e encontra-se esgotado.

Em relação à A.S. de Porto Covo, a única coisa que questiono, é o fugir a pagar os 3 €, sim o problema é os 3 €, porque no período inicial em que era gratuito, os relatos que obtive é que estava para lá de superlotado e sem rotação de lugares por dias a fio, depois de passar a ser pago é que passou a não servir, vindo para o exterior os que antes não queriam sair lá de dentro.
Podemos por em causa, a qualidade do parque, claro que sim, eu concordo nem acho que esteja ao nível desejado, nem tão pouco acho que se deva ser obrigado a estacionar lá dentro, se não eu gosto não o devo fazer. Agora, não o fazer porque são 3 € e ficar paredes meias com ele, e ir roubar água durante a noite, isso é que dá uma péssima imagem do autocaravanismo, e isso quer se queira quer não, não ajuda a que haja vontade dos autarcas em melhorar as condições. E infelizmente, como alguém já referiu anteriormente, os maus comportamentos não são exclusivos de quem está dentro ou fora, a zona de serviço não serve obviamente para lavar a Autocaravana, e isto é só um exemplo.

Este é o terceiro lugar que porto covo, disponibiliza para as autocaravanas, o primeiro era junto à escola primaria, tinha uma zona de serviços o mais rudimentar possível, mas como era gratuita ninguém se queixava, e até autocaravanas vi a lavar junto à mangueira ficando uma lamaçal desgraçado, com ampliação da escola este lugar foi desativado. O segundo lugar era num terreno privado que estava desocupado, mas à venda, e aí foi colocado uma zona de serviços dupla, mas mais uma vez sendo gratuita não havia queixas, apesar de ser rudimentar. Com o resgatar do terreno por parte do seu proprietário, a autarquia arranjou a alternativa do campo de futebol inativo, mas neste caso como é pago, assiste-se à belíssima imagem já referida, repito para não pagar 3 €, qual será a mensagem que passamos para autarquia, será assim tão difícil de compreender que estas atitudes são prejudicais, quando federação, clube, etc., tentam dialogar com os municípios, no sentido de um melhor acolhimento para as autocaravanas, será que passamos a imagem de que somos merecedores do investimento?

Será que é positivo para a imagem do autocaravanismo, a mesma autocaravana estacionada no mesmo lugar da mesma praia, durante 1/2 semanas, muitas vezes com o arraial montado, com mesas cadeiras, fogareiros, etc., como foi habitual se ver um pouco por toda a costa vicentina este verão? Como farão os abastecimentos e despejos? Pois... Não se pode pensar em sair, para não perder o nosso rico lugarzinho com vista para a praia.
A este fenómeno sazonal, agravado parece-me este ano, deverá estar associado, a uma nova oferta que está a aparecer, que é o aluguer de autocaravanas antigas a baixo custo, o que levou a um novo nicho que é pessoas que optaram pelo aluguer de autocaravana, em substituição do tradicional aluguer de casa ao pé da praia, porque fizeram as contas e acharam mais barato, claro que depois o objetivo passa por chegar ao pé da praia passar lá o tempo de férias gastando o menos possível e no fim voltar para casa, e isto é desvirtuar completamente o conceito. Basta dar uma volta pelo OLX e encontra-se várias opções de oferta.
Uma coisa que raramente se entra em linha de conta é com a lei da oferta e procura, por exemplo, em Lisboa, Porto, etc, tudo é que é cidades com o estacionamento escasso para viaturas, são colocados parquímetros, como medida para incentivar a rotatividade de lugares, esta questão nem se coloca em povoações onde não há problemas de estacionamento, o mesmo se pode transpor para o autocaravanismo, em zonas de maior procura e pressão turística, será normal colocar o estacionamento e água a pagar, agora por exemplo na Aldeia da Luz (estou a dar este exemplo, porque nasceu do empenhamento da equipa CampingCar e no âmbito de um encontro no Alqueva), em que o interesse será chamar visitantes, e que a quantidade de autocaravanas não é problema, já que existe espaço para todas, já fará sentido que tudo seja gratuito, aliás com é.

Só a titulo de exemplo, há 10 atrás organizámos um encontro em Sintra (ver http://www.campingcarportugal.com/encontrosCCPortugal), o qual foi dos mais difíceis de organizar, por se tratar de uma zona muito turística, e numa altura de muito afluência turística (fim de semana de 3 dias apanhando o feriado do 5 de Outubro), as reuniões com os responsáveis começaram com seis meses de antecedência, foi um pouco difícil, tivemos de falar com a câmara Policia Municipal etc, eles estavam um pouco céticos, com questão higiene, água, etc., chegaram a propor contactos com os bombeiros para fornecer água, etc, nós recusamos porque o objetivo era demonstrar a validade da AC e a sua autonomia e como pode ser amiga do meio ambiente quando bem usada, etc, o que é certo é que a mensagem foi bem passada, e eles passaram a ser menos rígidos com as autocaravanas bem estacionadas, nos vários parques de Sintra, mas infelizmente, houve alguns maus comportamentos (por exemplo Franceses com o toldo aberto para fazerem a refeição, num parque em que os lugares são escassos, e que servem para estacionar quem vai apanhar o comboio), que deitaram por terra todo o trabalho de meses de uma equipa, tendo este assunto sido abordado aquando da elaboração de um regulamento de transito camarário descrimando as autocaravanas e pode ver aqui: viewtopic.php?f=12&t=6998&p=57741#p57741
Fernando Luís
CI Riviera Garage
Mem Martins
Imagem
Avatar do Utilizador
fluis
Moderador
 
Mensagens: 1981
Registado: segunda nov 14, 2005 5:48 pm
Localização: Mem Martins

Re: Área de serviço Porto Covo

Mensagempor Euroviajante » quinta Oct 05, 2017 1:05 pm

fluis Escreveu:Boa tarde,

Não tenham dúvida que o está em causa e se discute, não é a excepção dos que se portam bem, mas infelizmente e principalmente de verão, antes sim discute-se a maioria que se portam mal, que dão uma péssima imagem do autocaravanismo e hão de levar a que todos paguem por tabela.
Claro que existe o direito de estacionar onde outro veículo de igual tamanho também estaciona, e nem tão pouco é isso que está aqui em causa, isso já foi muito discutido e encontra-se esgotado.
...............................


Concordo com as palavras do fluis. O que é necessário é, também, haver estacionamentos com lugares com dimensões para as nossas viaturas nos parques destinados a ligeiros. Estar a ocupar nos parques de estacionamento dois lugares, com a traseira por cima do passeio etc, etc, pode dar origem a multa. Junto a isso o meu gosto e prática que faço no estrangeiro, a utilização de ASA para pernoita e muita das vezes estacionamento para visitar cidades ou lugares.
Quem tem conhecimento de outros países, não usa a AC só para dar uns poucos kms neste país, sabe que cada vez mais há oferta de ASA em muitas aldeias, vilas e cidades, havendo regulamentação no estacionamento de AC em muitos países e regiões.
Ter a esperança que nós autocaravanisas portugueses somos diferentes, que a nossa AC é a rainha no tabuleiro do automobilismo, acima da lei, nem precisamos de mais regulamentação, em minha opinião, não passa de uma visão redutora ultrapassada numa altura que há cada vez mais procura desta forma de turismo. Há que criar regulamentação para esta prática deixar de andar a inventar lugares para estacionar, andar com medo de a policia não multar etc etc. Se não for a nossa Federação a fazê-lo outos o farão.
Os nossos vizinhos espanhois já andam a ultrapassar este problema de estacionamento de AC com a criação de ASA. Por cá, alguns, andam com medo de ter de pagar uns euros, criam "engenhocas" para a prática do autocaravanismo, esses são os que elevam logo a voz, talvez, com medo de serem obrigados a pagar para estacionar ou fazer a higiene da sua viatura.
É tempo de haver regulamentação para a prática do autocaravanismo .
Cumprimentos
Manuel Pereira
Avatar do Utilizador
Euroviajante
 
Mensagens: 1250
Registado: quinta abr 04, 2013 5:03 pm
Localização: Salvaterra de Magos/ Penha de França

Re: Área de serviço Porto Covo

Mensagempor Lealbino » sexta Oct 06, 2017 3:49 pm

" fluis Escreveu:

Será que é positivo para a imagem do autocaravanismo, a mesma autocaravana estacionada no mesmo lugar da mesma praia, durante 1/2 semanas, muitas vezes com o arraial montado, com mesas cadeiras, fogareiros, etc., como foi habitual se ver um pouco por toda a costa vicentina este verão? Como farão os abastecimentos e despejos? Pois... Não se pode pensar em sair, para não perder o nosso rico lugarzinho com vista para a praia.
..............................."

E tristemente este fim de semana não foi diferente na zona de S.Torpes, desloquei-me de carro com antigos autocaravanistas também de carro e o espetáculo não podia ser mais encorajador para quem procurasse argumentos e fundamentação para a banição total de autocaravanas naquelas praias...

Grande parte das autocaravanas/autovivendas que lá estavam tinham os toldos amplamente abertos, cadeiras e mesas e restante arraial espalhado à volta das ACs, fogareiros a fumegar, janelas abertas, estacionamentos paralelamente à praia a todo o comprimento da praia, marcas de despejos, estendais montados... :|

Enfim, estacionados entre duas autocaravanas que geraram passados poucos minutos o olhar apreensivo de alguns supostos autocaravanistas para o que parecia ser o perceber quando sairíamos (2 carros bem estacionados = possibilidade de mais uma AC paralela à praia), falávamos sobre as questões de legislação, coimas, POOC, do espetáculo que ali se assistia, e de quão fácil será quando se quiserem encontrar razões para pagarem todos por uns.

Triste, muito triste mesmo. :cry:
Avatar do Utilizador
Lealbino
 
Mensagens: 237
Registado: segunda set 16, 2013 11:21 am
Localização: Villa Moita / Setúbal

Re: Área de serviço Porto Covo

Mensagempor Cantiflas12 » quarta Oct 11, 2017 9:15 am

tgferreira Escreveu:Venho voltar a repetir algo que já repeti em vários locais neste fórum, acerca da questão de praticar autocaravanismo fora das ASA's (por exemplo). Vou falar de um local onde estive este verão a executar essa mesma prática: a costa adjacente à Praia de São Torpes.

Estive lá julgo que em duas noites diferentes este ano. Aliás, nas férias desde ano pernoitei na maior parte dos dias em parques de estacionamento junto a praias. Abri as escadas apenas quando queria entrar para a AC, nunca abri o toldo, nunca pendurei nada do lado de fora, nunca abri as janelas mais do 3 ou 4 centímetros, cozinhei, tomei banho, vivi e dormi dentro da AC e foram umas férias bem descansadas. E vou continuar a fazê-lo porque, do meu ponto de vista, comprar uma AC para estar apenas numa ASA/Semelhantes é não aproveitar a pleno das suas capacidades.

Acho muito, muito bem que todos os que abusam desta prática (abrindo toldos onde o espaço é curto, sujando, etc) que sejam punidos. Não acho é que todos tenhamos que ser punidos por isso. À semelhança do que um colega disse, lá por os outros andarem a mais de 120km/h não somos todos multados ou impedidos de conduzir.

Repito, uma vez mais: parem de dar um tiro no pé. Defendam as boas práticas - sim! Não defendam é a penalização de todos nós pelo que apenas alguns fazem.


Assino na íntegra...
Quem adquire uma AC, de certa forma, é para poder evitar os parques de campismo ou ASAs, respeitando contudo, as regras e normas estabelecidas nos locais de permanência e respeitando os demais utentes da via pública.
Voltando à experiêmcia de Porto Côvo, enquanto estive estacionado no exterior da ASA, mesmo em frente à mesma, encontavam-se duas AC´s parqueadas lado a lado (provavelmente família ou amigos) e à hora do almoço era churrascada certa na via publica e toldos abertos...é com comportamentos destes, que os autocaravanistas ganham má reputação, inclusicamente de manhã assisti a urinarem atrás da AC, para o chão.
As duas semanas que lá permaneci, quando necessitei de despejar depósitos e atestar água, recorri sempre à ASA, pagando os mesmos 3€, que se pagava, quem quisesse permanecer no interior da ASA...não é de todo uma questão monetária que se coloca...
Mas lá está, gostos não se discutem.
Cantiflas12
 
Mensagens: 8
Registado: quinta set 07, 2017 8:10 pm

Anterior

Voltar para Assuntos Gerais

Quem está ligado:

Utilizadores a ver este Fórum: Nenhum utilizador registado e 2 visitantes