Ford Rimor Korsaro - A Nossa AC - Tópico Geral

Área dedicada a troca de informações sobre mecânica, manutenção e bricolage

Ford Rimor Korsaro - A Nossa AC - Tópico Geral

Mensagempor tgferreira » domingo ago 30, 2015 11:46 am

Olá malta!

Tal como disse na minha apresentação e dada a minha tenra idade, não tenho nenhuma AC. No entanto, os meus pais têm o que, de um certo modo, me deixa chamar-lhe "minha" também :P

Pensei que seria giro criar um tópico sobre a mesma. Não que tenha nada de especial mas porque pode ser giro para alguém tirar ideias e ir vendo as modificações que se foram fazendo/sendo feitas. Se por acaso acharem que não faz muito sentido, por favor, digam-no! :)

Esta AC está connosco há cerca de meia década, se bem me recordo. Nunca tínhamos tido uma nem uma experiência de férias numa mas sempre quisemos ter.

Muito sinceramente, corrijo o que disse há pouco sobre não ter nada de especial. Para nós é muito especial (pelo menos para mim eheh). Apesar de já termos uma continuo a ver com frequência classificados de novos modelos, usados, mais recentes e mais antigos, etc... A verdade é que a não ser as enormes AC de Classe A americanas, não me recordo de ter encontrado outra com uma planta que goste pelo menos tanto quanto esta. Acho que é o suficientemente espaçosa e organizada da forma ideal. O único defeito que tem é que seria porreiro ter o duche separado do WC. Mas talvez, ao longo deste tópico, consiga arranjar algo que nos permita ter uma solução pelo menos parecida.

Vou deixar para já algumas fotografias (antigas) da casa com rodas:

Imagem


Imagem



E agora, algumas do interior que já estão desactualizadas :) Prometo actualizar em breve!

http://imgur.com/a/5Vur2

Desculpem a desarrumação :P

Cumprimentos,
tgferreira
Rimor Korsaro 1994
tgferreira
 
Mensagens: 35
Registado: sexta ago 28, 2015 1:35 am
Localização: Coimbra

Re: Ford Rimor Korsaro - A Nossa AC - Tópico Geral

Mensagempor tgferreira » terça jul 04, 2017 11:17 am

Olá a todos,

Com a chegada das férias a vontade de melhorar como puder a AC aumenta (e muito). Nos últimos tempos tenho tido várias ideias que quero desenvolver e que vão desde projectos completos para acrescentar uma nova função até manutenção ou melhoria de aspectos já existentes.

Esta AC, desde o início sempre teve problemas com o boiler de aquecimento de água. No início nem sequer funcionava (tenho ideia que as luzes nem sequer davam). Decidi por volta dessa altura remover a placa electrónica e "re-soldar" a mesma na totalidade (aquecer as soldas com o ferro até derreterem e se necessário acrescentar um pouco). Isto resolveu o problema temporariamente mas tinha o defeito de que sempre que queríamos ligar o boiler tínhamos de carregar no botão de reset (que está no armário da roupa, debaixo de imensas coisas). Como isto não era prático decidi puxar este botão para ao pé do painel de controlo do boiler. Azar o meu, quando terminei esta tarefa a placa deixou de dar e nem com a re-solda voltou a funcionar. Assim, no verão passado voltámos ao velho hábito de aquecer a água no fogão e tomar banho com garrafas.

Ainda durante o verão passado, os meus pais conheceram um senhor alemão no Algarve - que segundo me explicaram arranja autocaravanas - que lhes explicou que o boiler necessitaria de ser trocado e o redutor do gás não era adequado. O custo disto tudo ficava em cerca de 1000€, se bem me recordo.

Ao conversar com os meus pais opus-me à ideia porque via essa quantia de dinheiro melhor aplicada em converter a AC ao máximo para electricidade: colocar mais baterias e painel solar e adquirir um boiler eléctrico. Esta solução acarretava custos elevados mas tinha o ponto a favor de que, um dia ao trocarmos o frigorífico já teríamos quase tudo para colocar um frigorífico "doméstico", do tipo que usamos em casa (absorção? Não me recordo bem dos nomes).

Os patrocionadores deste projecto estavam mais inclinados para a aquisição de um boiler novo a gás e eu decidi então partir para outro caminho: sendo para manter a gás, em primeiro lugar ia tirar o existente e ver se conseguia arranjar (nunca o tinha tirado para ver exactamente como funcionava). Se não conseguisse, ia procurar boilers usados de AC's quer no OLX ou mesmo até em sucatas. Felizmente, quando o retirei e olhei para ele apercebi-me instantaneamente que afinal a "construção" de uma placa electrónica para o mesmo ia ser mais fácil do que pensava. Coloquei mãos à obra e com um Arduino e alguns componentes consegui.

O princípio de funcionamento é simples: escolhemos a temperatura no painel de controlo antigo (que tive de modificar ligeiramente porque o velho estava com problemas) e é dada uma ordem para abrir o solenoide do gás e ligar uma relé que activa um arrancador electrónico de um esquentador velho (queria usar este arrancador para a faísca do frigorífico mas não tive sorte :( - foi usado aqui ). O boiler pega e através do sensor de chama existente verifica se realmente pegou. Ao pegar, desliga o arrancador e fica feliz da vida a aquecer até o sensor da temperatura desejada dizer que foi atingida. Quando for atingida, desliga o gás. Se por acaso entretanto for tomar banho e a temperatura desça, ele volta a ligar e a repetir todo este ciclo.

Esta solução custou-me cerca de 10€ porque tinha a maior parte dos materiais. Se tivesse de comprar tudo (excluíndo os materiais já existentes no boiler), custar-me-ia entre 40 a 50€. Nada mau para um problema que ia custar 1000€ a resolver... Mudámos também o redutor do gás de 30mbar para 37mbar - o único em que conseguimos por as mãos em tempo útil. Pelo que percebo o boiler suporta (recomenda) 50mbar mas o frigorífico recomenda 30. O fogão, não sei. Como é comum pelo menos duas destas coisas estarem a funcionar ao mesmo tempo, o ideal seria arranjar um de 50mbar e depois colocar um redutor em linha de 30 antes da entrada do frigorífico. Com este acréscimo de potência o boiler até conseguiria aquecer a água mais rápido.

Detalhei um pouco mais o que acabei de dizer no meu site. Já coloquei o link noutra parte do fórum mas fica aqui para quem quiser ver. Se tiverem um problema semelhante na vossa AC e estiverem interessados numa solução destas, podemos conversar e estou disponível para esclarecer quaisquer dúvidas que tenham. Link: http://tgferreira.com/2017/04/08/arduin ... ng-system/
Rimor Korsaro 1994
tgferreira
 
Mensagens: 35
Registado: sexta ago 28, 2015 1:35 am
Localização: Coimbra

Re: Ford Rimor Korsaro - A Nossa AC - Tópico Geral

Mensagempor tgferreira » terça jul 04, 2017 11:44 am

Vou colocar esta parte noutro post para facilitar a leitura:

Arranjado o boiler seguem as próximas necessidades/luxos que gostaria de implementar na AC:
-Construção de um sistema de alarme;
-Revisão do sistema eléctrico - o inversor não anda a funcionar muito bem;
-Aquisição e instalação de um transformador DC-DC para ligar computadores portáteis;
-Instalação de tomadas 12V-5V USB para carregar equipamentos sem ter que recorrer ao inversor;
-Instalação de um sistema multimédia (computador em suporte);
-Instalação de uma antena ou router wireless para alcance de redes wireless a maior distância;
-Colocação de iluminação LED no armário do gás, K7 e mala traseira;
-Colocação de iluminação LED nos armários interiores;
-Melhoria da iluminação no WC e na cama superior (esta última ainda usa lâmpadas convencionais...);
-Descarbonizar motor;
-Isolar motor e cabine para redução do barulho do primeiro;
-Ponderar anulação de válvula EGR;
-Afinação da bomba injectora (com limpeza dos injectores antes) para dar uns cavalos a mais;
-Instalação de um sistema SOG na K7;
-Instalação de multímetros no painel de controlo;
-Instalação de câmera de marcha atrás;
-Construção e instalação de um sistema de suporte do tablet (GPS) como deve ser;
-Retirar janela da cama de cima (frente) e voltar a colocar - entra água.

De cabeça e para já, será só isto. A primeira coisa que quero fazer é o alarme. Nós já fomos assaltados 3 vezes desde que temos a AC e não gostei de nenhuma das experiências. Mesmo que não deixe nada na AC "que tenha valor para ser roubado" (o que significa que ou tenho de trazer às costas ou deixo em casa e isso é reduzir alguma qualidade das saídas), ao entrarem já me custaram dinheiro (estragos) e deixam o eterno sentimento de "violação" que ninguém gosta. Decidi que não faço absolutamente mais nada na AC sem primeiro ter o alarme.

Como funcionará? Vou recorrer ao velho amigo Arduino para controlar tudo. Quero colocar botões (deste género: https://www.artekit.eu/wp-content/uploa ... h-coin.jpg ) em todas as portas e janelas: na porta da AC, janelas da cozinha, WC e sala e em ambas as portas da cabine. Quero programar o alarme para que assim que um destes botões detecta que algo abriu, o alarme começa imediatamente aos berros. Julgo que consigo fazer isto de modo a que ainda antes das janelas partirem, já o alarme começou aos berros. Assim, qualquer ladrão tem imensa atenção em si mesmo ainda antes de estar "escondido" no interior da AC e possivelmente ainda não fez estragos. Quero ainda colocar dois sensores de movimento (um nas traseiras e talvez um na cabine, se vir que é necessário) e possivelmente dois sensores de impacto nas janelas da cabine.

O alarme, quando dispara, liga uma sirene (que ainda tenho de comprar) (talvez ligue duas se utilizar uma pequena no interior da AC), a buzina do carro e os 4 piscas. Porquê ligar a do interior do carro? Porque estava a ponderar construir o alarme de maneira a que ele tenha um modo em que o possa armar estando no interior (quando vou dormir). Assim, se alguém tentar entrar, acorda-me.

Como armar/desarmar? Como viram, eu quero que o alarme dispare de uma porta abre. Deste modo tenho que o desarmar (ainda que parcialmente) antes de entrar. A minha ideia é a seguinte: utilizar uns comandos remotos para desarmar parcialmente. Ao entrar na AC, uma das seguintes coisas: inserir um código, premir um botão ou desligar algo recorrendo a uma chave. Porquê colocar os dois métodos e não usar apenas o comando? Porque, como sabem, anda para ai muita gente com equipamento que apanha estes sinais e com isso rouba carros. É certo que não são assim tantos e ninguém quer roubar uma Ford Transit de 94 mas podem assaltar o interior da mesma. Se calhar estou a entrar em exagero mas logo vejo a comodidade disto e o que faço. O que é que vocês fariam? Em termos de custos este alarme deve ficar em cerca de 60€. Ah, quero que quando o alarme dispara que me mande uma SMS/Chamada para o telemóvel! Tudo isto é fácil de fazer mas demora algum tempo a montar tudo no sítio.

O projecto/projectos que quero fazer a seguir têm a ver com o motor da AC: em primeiro quero isolar o mesmo debaixo do cabot porque o isolamento que lá existia caiu. Depois, acho que vou reforçar o isolamento dentro da cabine (para isso tenho de tirar tudo para levantar a forra). Algum de vocês já isolou um carro/AC em termos acústicos? Eu comprei um tapete no Leroy Merlin para este propósito que custou 22€. Um pouco caro e tem 1cm de espessura. O ideal seria mais fino para conseguir colocar sem me incomodar muito. Depois de tirar a forra vejo o espaço que tenho para trabalhar. Possivelmente irei também tirar o tablier porque acho que deve vir bastante barulho dai. Feito isto, descarbonizo o carro e limpo injectores. Em seguida, dou uns cheirinhos a mais à bomba injectora e depois mudo os filtros (ar, óleo e diesel) e mudo também o óleo.
Talvez nesta altura anule a válvula EGR.

Não sei se vou ter tempo para fazer mais do que o que referi. A seguir a isto tenho de re-isolar a janela da frente porque nem o meu pai nem a loja de ACs dos Leitões aqui de Coimbra conseguem resolver o problema da água e eu estou farto do mesmo.

Depois disto... não sei. Talvez a instalação da câmara de marcha atrás porque será a prenda de anos para o meu pai. Gostava de ir de férias com pelo menos isto resolvido mas irei levar ferramentas para ir fazendo outras coisas se assim for a vontade (vai ser :P ).

A questão do alarme é prioritária porque eu não quero voltar a passar pelo mesmo e actualmente sempre que saio, ao voltar para junto da AC estou a pensar "terei sido assaltado de novo?". Acabo por não levar algumas coisas que gostaria precisamente para evitar que sejam roubadas. Eu sei que posso simplesmente não as levar mas se eu as levo é porque *quero* e *gosto* de o fazer. Compreendo que alguns de vocês tenham gostos diferentes mas os gostos são assim mesmo.

Ah, lembrei-me que quero ver se melhoro um pouco a performance do frigorífico: trocar massa térmica, colocar as ventoinhas melhor colocadas e aumentar o isolamento da chaminé!

Haja tempo e dinheiro!
Rimor Korsaro 1994
tgferreira
 
Mensagens: 35
Registado: sexta ago 28, 2015 1:35 am
Localização: Coimbra

Re: Ford Rimor Korsaro - A Nossa AC - Tópico Geral

Mensagempor fluis » terça jul 04, 2017 1:51 pm

Boa tarde,

Parabéns pela coragem de ter resolvido um problema bicudo, com baixo custo.

Obrigado pela partilha e boa sorte e, claro, coragem para tudo o que se propõem fazer que não é tão pouco quanto isso.

De tudo o que se propõem fazer, eu só não aconselho é a mexer na bomba injectora, não vai ganhar praticamente nada em rapidez, só vai fazer mais fumo, e comprometer a principal atributo desse motor que é a fiabilidade.
Fernando Luís
CI Riviera Garage
Mem Martins
Imagem
Avatar do Utilizador
fluis
Moderador
 
Mensagens: 1973
Registado: segunda nov 14, 2005 5:48 pm
Localização: Mem Martins

Re: Ford Rimor Korsaro - A Nossa AC - Tópico Geral

Mensagempor tgferreira » terça jul 04, 2017 6:52 pm

Boa tarde Fernando e obrigado pelos seus elogios!

Eu nunca mexi em nenhuma bomba injectora (sou um aprendiz de mecânico/explorador eheh ). A ideia seria dar um nadinha mais de potência à AC porque 80 cavalos a puxar 3 toneladas e com a aerodinâmica de um tijolo... não é fácil. Tenho a perfeita noção que estes veículos não são para andar rápido e a minha intenção seria simplesmente "não ter de puxar tanto" para atingir a velocidade pretendida ou "não ter de colocar a mudança abaixo".

Encontrei um fórum na net dedicado a Ford's Transit e o que falam que se der no máximo até duas voltas ao parafuso de ajuste, não há problemas nem para o motor nem para o fumo. Não sei se ganha muita potência (1, 2, 5 cavalos? Não faço ideia) mas admito que qualquer ajuda seria positiva. O que acha: acha que sendo um ajuste muito pequeno (1 volta e meia, por exemplo) e vendo que não emite mais fumo que o deva tentar ou mesmo só isso pode ser prejudicial?

Já estive a pensar e não vou anular a válvula EGR. O carro faria menos fumo mas as emissões de NOx são prejudiciais para todos nós e cabe-nos a todos fazer os possíveis para as diminuir.

Entretanto já me enganei a mim mesmo e andei a retirar o banco do passageiro para levantar a forra e ver como posso isolar. Acho que vou ter de comprar mais isolamento e talvez até comprar a cortiça que se coloca debaixo do soalho flutuante para colocar em alguns sítios. Felizmente, ainda bem que tive esta ideia agora: alguns dos locais do chassis estão a ganhar ferrugem e sou até capaz de pintar a cabine por dentro também. Havendo tempo e paciência, lavo os bancos e tudo!

EDIT: O link da bomba injectora é este:

http://fordtransit.org/forum/viewtopic.php?f=18&t=3968
Rimor Korsaro 1994
tgferreira
 
Mensagens: 35
Registado: sexta ago 28, 2015 1:35 am
Localização: Coimbra

Re: Ford Rimor Korsaro - A Nossa AC - Tópico Geral

Mensagempor fluis » terça jul 04, 2017 9:37 pm

Boa noite,

Pelo que é dito nesse tópico (atenção que o link só está acessível a quem está inscrito, eu por acaso tenho user, que muito esporadicamente consulto o fórum), parece que não compromete a fiabilidade, contudo penso que não irá notar praticamente nada, 80 CV para 3.000 km ou 85 Cv pouca diferença farão. Mas o mais importante, é que ela vai a todo o lado.
Tenha só atenção a duas coisas, é que o procedimento é para a bomba injectora Bosch e a Transit também saiu com a bomba injectora Lucas, por sinal muito mais problemática, confirme qual é que tem no seu motor, e o procedimento refere a transit MK5 (a da grelha oval) e a sua pelo que vejo nas fotos é a MK4 e pode haver algumas diferenças em termos de disposição das peças.
Fernando Luís
CI Riviera Garage
Mem Martins
Imagem
Avatar do Utilizador
fluis
Moderador
 
Mensagens: 1973
Registado: segunda nov 14, 2005 5:48 pm
Localização: Mem Martins

Re: Ford Rimor Korsaro - A Nossa AC - Tópico Geral

Mensagempor tgferreira » quinta jul 06, 2017 8:43 pm

Boas,

Caro FLuis,

Agradeço-lhe a preocupação. Pelo que me informei, o procedimento é idêntico ou mesmo igual. Tenho a sorte de ter a bomba da Bosch! Numas pesquisas que realizei encontrei um autocaravanista que referiu que com duas voltas está muito contente com o resultado obtido. Depois de o fazer, dou feedback.

Nos últimos dias a pouco e pouco (porque tenho andado a estudar para exames) tenho desmontado a cabine: já retirei os bancos, sliders, forro e alguns plásticos. Assim consigo ver os pontos de ferrugem a resolver.

Com algum jeito lavei tudo com a mangueira (com cuidado para não molhar o chão flutuante (instalámos há um ou dois anos, recomendo vivamente a todos!) nem colunas, tablier, etc. Sinceramente, também não me chateia muito se as colunas acabarem por se molhar. São uma sincera porcaria e tenho ideia que cá tenho melhores em casa.

Depois da lavagem e como a maior parte da ferrugem era superficial "lixei" com um esfregão verde. O que não era, utilizei o meu abençoado berbequim do LIDL (abençoado mesmo!) com uma escova de bronze.

Aqui está uma fotografia do estado mais ou menos terminado: http://imgur.com/a/6TrLb

Em seguida irei passar uma demão de tinta plástica ou com spray nos locais que tinham ferrugem. A tinta é capaz de ser melhor ideia mas admito que não tenho muita paciência para pinturas. Logo vejo.

Hoje passei no Leroy Merlin e comprei algumas coisas quer para o alarme, quer para isolar a cabine. Para o alarme adquiri cabo e algumas caixas para depois fazer uniões de cabos. Talvez até utilize uma destas caixas para o sistema SOG da K7. Para isolamento, comprei um revestimento para soalho flutuante, deste tipo: http://www.leroymerlin.pt/Site/Produtos ... 48336.aspx

Sinceramente, não sei se vai fazer alguma diferença. Passo a explicar: o material que comprei inicialmente é perfeito mas peca por ser muito grosso (1cm). É difícil coloca-lo debaixo do forro como deve ser porque nem sequer é muito maleável. Nas portas então, mais difícil é. Após pensar um pouco decidi que ia utilizar este material no compartimento do motor: colocarei lâ de rocha mais próximo do motor e na "firewall" (atrás das baterias, por exemplo), vou usar o material que refiro.

Para o interior, vou usar dois materiais (talvez seja algum exagero mas não sei se fará grande diferença, sinceramente). Ambos vão ser a cobertura para soalho flutuante: quer o azul que comprei hoje, quer um resto que cá tenho em casa de um rolo plástico (parece quase plástico para embalar/proteger).
Tenho algum receio que o chão aqueça um pouco e como tal vou ver qual destes é mais resistente ao fogo (desconfio que será o azul) e vou colar com cola quente ou silicone. Depois aplico o outro por cima e finalmente o forro.

Nos degraus vou fazer a mesma coisa mas se tiver em quantidade suficiente utilizo o dobro do material azul. Os degraus não têm qualquer isolamento e infelizmente uma parte vai continuar assim (a menos que arranje uma maneira de isolar pelo lado de fora).

Nas portas, a ideia será caso me sobre material de 1cm, colar algumas tiras na chapa (no interior, atrás do vidro digamos assim). O objectivo disto é acrescentar mais massa à chapa de modo a reduzir a facilidade com que vibra. Depois vou isolar alguns buracos que tem como respiros: sinceramente, não lhes vejo o propósito. Depois irei colocar imediatamente atrás do forro pelo menos uma camada do material azul. Se tiver muitas sobras, coloco duas (se couber). Se não tiver e couber na mesma, coloco uma do azul e outra do outro mais barato e flexível.

Acabei de me lembrar enquanto escrevo isto que não seria muito mau isolar também o que fica "debaixo" do degrau quando passamos da cabine para as traseiras (o que se vê na foto que fica abaixo da calha cinzenta). A questão é que esta parte é ligeiramente visível. Neste momento passam lá um ou dois cabos de 12V (que eu passei). Para o alarme possivelmente irei passar mais um ou dois cabos. Então, para o material de isolamento não ficar visível e até para esconder os cabos e quaisquer outras coisas que queira, acho que vou aproveitar os bocados que ainda tenho do soalho flutuante. Como agora tenho uma serra de mesa ( :D ) posso fazer os cortes direitos e à medida para tapar este buraco. Estou contente com esta ideia!


Agora, sobre o alarme, o que já decidi:
Irei tentar montar os botões no próprio aro da janela. Não sei até que medida é que isto será possível mas seria o ideal, para ficar mais bonito. Sei que será possível montar fazendo um furo para o lado de fora da janela mas isso não me agrada muito.
Já fiz o mapeamento dos cabos todos (acho eu): cada botão precisa apenas de dois fios que podem ser partilhados por todos (entenda-se, só preciso de dois fios a dar a volta à autocaravana). Assim, irei passar da janela da sala para o WC (passando pela janela do WC), passar para a zona traseira onde passa quer pela janela de trás, quer pela mala. Aqui está o actual sensor PIR do alarme que já existe. Acho que vou aproveitar esta localização e coloco aqui o novo também. Continuando: os cabos passam pelo painel de controlo (passando pela porta) e seguem para a cozinha, passando pela janela. Finalmente, entram no armário da roupa onde vou ter o Arduino: vou colocar tudo dentro de uma caixa de derivação. Das portas da frente passo pelo forro do tecto ou pelo chão (por onde já passo fios actualmente) conforme o sítio exacto do botão. Estou a ponderar colocar ou não sensores de impacto nas janelas mas talvez não valha a pena. Aqui à frente coloco outro sensor PIR (talvez no forro do tecto ou na lâmpada de presença - que tenho de passar a LED). O teclado para colocar o código irei colocar onde já existe o actual alarme. Vou tentar utilizar este teclado mas se não conseguir, já tenho o material necessário.

Só me falta comprar a sirene para o alarme. Passei na Electronic Shop II em Coimbra e vão ter para a semana o que procuro com um preço entre 6 a 10€.

Tudo isto é para se fazer aos poucos para já. Algures em breve irei pintar o chão da cabine.

Ah, outra coisa: uma vantagem de ter o forro do chão retirado é que o posso lavar muito bem (quem sabe até com a máquina de pressão). Espero que fique com bom aspecto :P
Rimor Korsaro 1994
tgferreira
 
Mensagens: 35
Registado: sexta ago 28, 2015 1:35 am
Localização: Coimbra

Re: Ford Rimor Korsaro - A Nossa AC - Tópico Geral

Mensagempor tgferreira » quarta jul 12, 2017 4:14 pm

Venho actualizar o tópico, relativamente ao isolamento:

Já terminei a grande parte do isolamento na parte da cabine. Resta-me fazer a porta do condutor e depois tratar de alguns ruídos parasitas que vêm da vibração do interior da cabine/AC: aquecedor, rádio, etc.

No exterior, tenho de a levantar para colocar algum isolamento extra por baixo. Este será mais de uma perspectiva térmica do que acústica. No compartimento do motor também já terminei. Depois coloco fotos.

Instalei os bancos e os sliders porque a AC talvez vá sair no fim de semana. No entanto, quando voltar e tendo tempo, quero tira-los e pintar os mesmos. Neste momento estão sinceramente feios.

Mas vamos a resultados!

Voltei a medir com o telemóvel. A média de ruído ao longo de 30segundos era de 46dB. Actualmente está nos 41dB. Pode não parecer uma enorme diferença mas milagres eram difíceis e não se esqueçam que a escala é logarítmica!

Depois em estrada verei se noto ou não conforto extra.
Rimor Korsaro 1994
tgferreira
 
Mensagens: 35
Registado: sexta ago 28, 2015 1:35 am
Localização: Coimbra

Re: Ford Rimor Korsaro - A Nossa AC - Tópico Geral

Mensagempor mlinhares » quarta jul 12, 2017 8:06 pm

Excelente. Temos que fazer o clube Rimor Ford Transit em Coimbra :D

Já agora, quem é o importador da Rimor em PT? Na minha viagem inaugural partiu-se um apoio da mesa e queria ver se arranjava um igual para não ter que comprar outro apoio e fazer outras furações.
mlinhares
 
Mensagens: 49
Registado: sábado ago 01, 2015 6:57 pm
Localização: Coimbra

Re: Ford Rimor Korsaro - A Nossa AC - Tópico Geral

Mensagempor Gomes de Sousa » quinta jul 13, 2017 3:50 pm

Boa tarde a todos:

Companheiro mlinhares.

O importador da Rimor em Portugal era a Têdecar, muito perto aí de Coimbra. Ficava na Guia-Leiria. Eu digo era, porque, ao que sei, deixou de ser. Não me pergunte o motivo porque isso eu desconheço. Quando for para fazer o clube Rimor, dê uma apitadela, porque, eu também tenho uma Rimor Superbrig 678

Cumprimentos
Gomes de Sousa
Gomes de Sousa
 
Mensagens: 81
Registado: sexta fev 11, 2011 11:35 pm
Localização: Dume - Braga

Re: Ford Rimor Korsaro - A Nossa AC - Tópico Geral

Mensagempor mlinhares » quinta jul 13, 2017 6:53 pm

Gomes de Sousa Escreveu:Boa tarde a todos:

Companheiro mlinhares.

O importador da Rimor em Portugal era a Têdecar, muito perto aí de Coimbra. Ficava na Guia-Leiria. Eu digo era, porque, ao que sei, deixou de ser. Não me pergunte o motivo porque isso eu desconheço. Quando for para fazer o clube Rimor, dê uma apitadela, porque, eu também tenho uma Rimor Superbrig 678

Cumprimentos
Gomes de Sousa


Eh, eh, Superbrig 677 aqui :D
mlinhares
 
Mensagens: 49
Registado: sábado ago 01, 2015 6:57 pm
Localização: Coimbra

Re: Ford Rimor Korsaro - A Nossa AC - Tópico Geral

Mensagempor tgferreira » quinta jul 13, 2017 10:47 pm

Ena, as vossas Rimor são de outra categoria! :P

Como a minha não é... mãos à obra para a melhorar como for possível!

Estava a pensar sobre a experiência de duche que actualmente não é muito boa. Isto deve-se a vários factores. Um deles era que o boiler não funcionava logo o banho tinha que ser com garrafas... não era muito cómodo. Com isto resolvido aumenta a qualidade mas ainda existem pontos que gostava de melhorar e discutir convosco!

O ideal era o duche ser separado do restante do WC mas vai ser difícil de se fazer. Assim, heis as coisas que me incomodam e que de algum modo gostaria de melhorar:

1 - Iluminação: actualmente é LED mas apenas no ponto original. Além das placas não serem muito fortes, a iluminação não é nada distribuída. Acho que vou comprar fita de LED à prova de água e colocar mais distribuída;

2 - Pessoalmente gostaria que o WC tivesse uma clarabóia: isso ia ajudar a secar tudo e instalava-lhe uma ventoinha sem qualquer custo. Mas não tem e os meus pais são alérgicos a fazer buracos no tecto da AC (além de que uma clarabóia ia custar sempre algum dinheiro). Mas a AC tinha uma antena que subia manualmente e que saia do WC. Assim, temos um buraco com um diâmetro de talvez 4cm onde poderia colocar uma chaminé e um ventilador. Isto é algo que quero estudar! Não poderia ser uma ventoinha normal pelo facto do buraco ser muito pequeno mas poderia ser um "blower";

3 - O WC tem cortinado que... se cola ao corpo, diminui o espaço útil, etc. Este cortinado tapa a bem dizer tudo mas eu acho que bastaria tapar a porta de saída do WC. Uma ideia que já tinha tido seria instalar uma calha no tecto onde prendesse uma placa de acrílico que deslizasse para a frente da porta e a impedisse de levar com água. Novamente, os meus pais não são muito receptivos à ideia ( :P ). Então porque não colocar algo como ímanes na cortina para que esta se prendesse à parede/outro local e com isto ocupasse o menor espaço possível quando aberta? Como é que as vossas AC's resolvem este problema? Podem mostrar fotos ou explicar como é?

4 - Gostaria que o piso fosse mais inclinado para facilitar o escoamento de água. As únicas soluções que vejo são instalar mais buracos de escoamento que sinceramente não me parece uma boa solução. Actualmente usamos um tapete do género de balneário (solução da qual também não gosto porque está solto e não ocupa o chão todo). Mas porque não procurar outro tipo de tapete ou adquirir mais como o que já temos para preencher o chão todo e assim criar um "segundo piso" que estará tendencialmente mais seco do que o de baixo?

Os tapetes que falo são deste género: http://files.casadostapetes.webnode.com ... 017.55.jpg

5 - Pressão da água: este ponto divide-se em vários: a bomba poderia ter mais pressão, a cabeça do chuveiro poderia ser melhor e ter um suporte e a mangueira do chuveiro além de ser curta e para alguém mais alto não esticar bem, quando se estica "corta". A solução para isto passa por comprar uma bomba melhor, uma cabeça melhor e uma mangueira melhor. Desta última acho que lá terá que ser mas as outras duas vou ver o que posso fazer para melhorar o que temos. Note-se que a cabeça do chuveiro serve também de torneira para lavar as mãos pelo que deve manter ambas as funções! Como têm na vossa AC?

Em termos genéricos acho que é isto. Depois terei também que arranjar as paredes da sanita que no local onde a K7 encaixa estão partidas e deixa entrar água para debaixo da mesma - > mais água em circulação para molhar tudo.

O que acham?
Rimor Korsaro 1994
tgferreira
 
Mensagens: 35
Registado: sexta ago 28, 2015 1:35 am
Localização: Coimbra

Re: Ford Rimor Korsaro - A Nossa AC - Tópico Geral

Mensagempor tgferreira » sábado jul 15, 2017 10:50 am

No post anterior falei de algumas ideias de melhorias da casa de banho que são facilmente realizáveis mas que não resolvem o maior defeito que cá em casa consideramos que esta AC tenha: o facto de o duche não ser separado do WC.

Ontem, em conversa com a minha mãe apercebi-me que isso é possível e mais fácil de fazer do que me pareceu inicialmente. Passo a explicar:

Podem ver o estado actual da casa de banho aqui: http://i.imgur.com/5itqyYA.jpg

Sei que não dá para ver muuito bem mas em termos genéricos, o canto em frente ao WC, está desocupado.

O problema actual é que temos muito pouco espaço de manobra: o armário do tecto é demasiado grande e o armário abaixo do lavatório, cujo único propósito e função é tapar a tubagem, também o é. Desaparecendo estas duas coisas e o espaço aumenta drasticamente. Surgem então as seguintes ideias:

1 - Remover o armário superior e jogar fora. Na parede ao lado da sanita, no topo (parte do WC que não é muito utilizada), colocar armário ou prateleiras consideravelmente mais pequeno e que não estorve.

2 - Remover o lavatório actual e armário. O ideal seria passar este lavatório para a parede o canto em frente à sanita, também de canto. Não quero armários mas teríamos que ver uma maneira de esconder os tubos. Se não se mudar o lavatório de sítio, arranjar um mais pequeno e com armário mais pequeno para o sítio onde está.

3 - A sanita está ligeiramente num ângulo. Retirar o ângulo todo ou reduzir o mesmo para ganhar espaço de manobra.

4 - Talvez colocar uma chuveiro fixo mais ou menos no local do armário superior ou na parede ao lado da porta.

Com esta história toda, dava para colocar uma base de duche logo em frente à porta e colocar uma cortina (não sei é se rígida ou não) de duche. Com isto tudo, só fica com um problema: para ir à sanita, é necessário passar pelo duche... Bem, em primeiro lugar isto não é um problema assim tão grande e em segundo lugar... Troca-se a porta de sítio! Isto é tudo feito em Madeira e com facilidade se fazem as mudanças necessárias. A porta também já tem a sua idade/defeitos!

O que acham, meus caros?
Um abraço!
Rimor Korsaro 1994
tgferreira
 
Mensagens: 35
Registado: sexta ago 28, 2015 1:35 am
Localização: Coimbra

Re: Ford Rimor Korsaro - A Nossa AC - Tópico Geral

Mensagempor tgferreira » segunda ago 07, 2017 5:44 pm

Boas a todos!

Venho aqui deixar um pequeno update. Actualmente encontro-me de férias. Infelizmente na véspera apercebi-me que o boiler estava furado por baixo. Ainda tentei remendar antes de sair com silicone de alta temperatura mas tal não foi possível. Em chegando a casa vou desmontar para ver se por acaso um serralheiro consegue remendar.
Rimor Korsaro 1994
tgferreira
 
Mensagens: 35
Registado: sexta ago 28, 2015 1:35 am
Localização: Coimbra

Re: Ford Rimor Korsaro - A Nossa AC - Tópico Geral

Mensagempor germanii » segunda ago 07, 2017 9:52 pm

Boas ,Tem boas ideias agora como de costume maos ao trabalho e venham mais fotos pois è o que falta :mrgreen:
germanii
 
Mensagens: 123
Registado: segunda Oct 10, 2016 7:58 pm

Próximo

Voltar para Mecânica, Manutenção e Bricolage

Quem está ligado:

Utilizadores a ver este Fórum: Nenhum utilizador registado e 2 visitantes